Venci na vida

Você não pediu pra nascer, mas como já dizia o poeta, você não nasceu pra perder… Você nasce, os dias vão passando e quando menos se espanta já está na casa dos trinta e uma coisa há que se perguntar: você está dando certo na vida?

Talvez você já tenha se perguntado a respeito disso. Muitas vezes a vida passa tão rápido que você nem percebe. Os dias, às vezes muito iguais, sem sabor, a rotina reinando e a falta de tempo consumindo todos os teus pensamentos.

Assim parece viver a humanidade hoje em dia. Pois bem, passa-se o tempo e você começa a observar os seus resultados perante a vida. Não sei se você é assim, mas eu de vez em quando me comparo com outras pessoas da minha faixa etária. E comparo as conquistas delas com as minhas.

É certo de que eu apenas me comparo com pessoas “mais bem sucedidas” do que eu. E penso: “poxa…fulano já conquistou tanto… será que eu tô dando certo na vida?”

Abrindo um parêntese para comentar sobre a questão da comparação: eu sei que eu não deveria comparar-me com outra pessoa, a comparação leva-me à escravidão; escravidão de não ser quem eu deveria ser. Então aprenda comigo, não se compare a ninguém!

Voltando a questão do, como gosta de dizer a minha conterrânea celebridade da internet Thaynara O.G., “venci na vida”, como saber se você está vencendo na vida?

As pessoas geralmente dão à essa pergunta as seguintes respostas: (1) tenho um carro legal; (2) trabalho em uma boa empresa; (3) moro em uma casa confortável.

Não raras vezes as pessoas respondem dessa maneira. “Dou certo na vida porque já tenho isso, aquilo e aquilo outro…”

Mas venhamos e convenhamos, eu (e você também) conhecemos um bom número de pessoas que afirmariam e colocariam em sua resposta todas as alternativas anteriores, porém mesmo assim responderiam negativamente à pergunta do “venci na vida”.

Por que isso acontece? Por que simplesmente essas pessoas, no decorrer das suas vidas, tomaram decisões baseadas na necessidade imediata e esqueceram-se de sua autenticidade existencial.

Autenticidade existencial? Não, não vou começar com papo filosófico à essa altura. Apesar do termo o ser. Mas, além do aspecto filosófico da autenticidade existencial há o aspecto prático, do dia-a-dia, que muitas vezes as pessoas não levam em consideração.

Para saber se você está vencendo na vida é necessário estar em paz consigo mesmo, é necessário descobrir um sentido para a sua vida. Por isso, muitas pessoas, mesmo possuindo várias coisas, possuem à reboque um vazio enorme. Pois não estão em paz consigo mesmas, não descobriram um sentido e muito menos responderam à sua autenticidade.

Se você deseja saber se está dando certo na vida, procure responder às perguntas: (1) estou em paz comigo?; (2) descobri um sentido?; e (3) estou sendo autêntico?

Esse seletivo de questões te ajudará a obter a resposta. Responda sinceramente e sinceramente espero que você possa dizer igual à Thaynara O.G.: “Eu venci na vida!”

Facebook Comments